Olá pessoas lindas, vim contar para vocês um pouco do nosso casamento religioso, que particularmente ficou lindo!

Vamos a nossa história:

Will é de São Paulo capital, mas viveu sua vida toda em BH, eu nasci em Curvelo e fui morar em BH  para estudar. Eu e Will somos formados em Sistemas de Informação, ele na Puc Minas e eu na Anhanguera. Quando mudei para BH morei no barreiro, mesmo bairro do Will, por coincidência, duas ruas a baixo da casa dele. No barreiro, moram várias pessoas do meu convívio, primos, primas e tios. Minha irmã quando foi morar em BH ela fez várias amizades no barreiro, e consequentemente acabou virando minhas amizades também.  Em 2012, estava solteira, um amigo de trabalho pediu que fizesse um teste de personalidade de um site super legal, quando entrei no site, era um site de relacionamento, lembro que briguei com ele e disse que não tinha chegado nessa fase de procurar ninguém em site de relacionamento(preconceito mesmo)..rs Enfim ele falou tanto que acabei fazendo o teste e o perfil que era obrigatório. Esqueci do site, passou alguns dias, recebo o e-mail dizendo que alguém havia “gostado” do meu perfil, entrei no site, para ter acesso as fotos e mais informações, obviamente eu tinha que pagar (que por sinal era bem caro), as informações que tinha eram nome, idade, cidade e profissão, no perfil do Will apareceu Wilmax, 29 anos Analista de Sistemas Belo horizonte. Logo pensei: “Ah não deve existir muitas pessoas com esse nome, vou jogar no facebook e vê”, quando fiz a pesquisa no facebook, pareceram duas pessoas com esse nome, um de BH e outro de SP, quando entrei no de BH, havia 11 amigos em comuns com os meus, assustei e pensei não deveria ser essa pessoa. Esses amigos em comum que apareceram eram amigos lá do barreiro. Chegando em casa, mostrei o perfil para minha irmã, contei toda a história para ela ela riu e disse que conhecia sim, falou dos irmãos dele e tudo mais. Minha curiosidade era muito maior, porém não queria gastar, resolvi mandar essa mensagem para ele:

"Oi!!Tudo bem com vc??Hj recebi um e-mail com solicitação do Eharmony para conhecer uma pessoa com mesmo nome seu, gostaria de saber se é vc...Pois não tenho assinatura do mesmo, assim não consigo ver fotos do perfil, nem responder e-mail do msm...E como sou mto curiosa tive que caçar e percebi que seu perfil daqui bateu com o de lá....Caso não seja vc, por favor desconsidere a msg...Obrigada pela atenção..."

À partir daí conversamos e marcamos de nos encontrar, como trabalhávamos perto, estávamos sempre encontrando, e depois disso nunca mais nos desgrudamos. Namoramos por 2 anos a distância, até que Will recebeu a proposta de fazer intercâmbio.

Em 2015, Will resolveu que gostaria de fazer o sanduíche(intercâmbio) pelo mestrado em outro país, mas ele faria só se eu fosse, foi onde me pediu em casamento. O seu pedido foi com essa frase: “ Quero fazer o sanduíche, mas só irei se você for, porque não quero passar o resto da minha vida contando como foi! “ Lindo né!! Então foi aquela correria, para tirar passaporte, arrumar coisas de casamento e arrumar as malas e irmos. Fomos para Portugal e ficamos 6 meses lá. Foram 6 meses maravilhosos, de muito aprendizado e cumplicidade. Casamos somente no civil, e por ter sido correria, não conseguimos convidar e nem fazer nada para amigos e familiares. Foi então que decidimos fazer nosso casamento religioso.

Em 2016, resolvemos que iriamos fazer uma cerimônia, mas não queríamos a tradicional cerimônia de casamento, afinal já tínhamos nos casados. Outra coisa que queríamos que a cerimônia falasse sobre nós, somos simples então consequentemente, queríamos uma cerimônia simples sem sofisticação.

Fizemos tudo que podíamos para decoração e arranjos. No final tivemos pouquíssimos gastos e uma cerimônia bem a nossa cara.

Minha mãe fez o meu vestido, queria um vestido simples e leve, afinal o casamento seria durante o dia, além de ser uma cidade quente. Procurei vários modelos e acabei montando o meu próprio modelo. No final ficou espetacular!

Will(noivo/marido) em tons de cinza e branco e o detalhe vermelho da gravata, afinal a cor destaque do casamento era vermelho. A camisa e gravata foram eu quem fiz.

Nosso casamento não foi nada tradicional, dessa forma nós entramos juntos eu e Willl. Nossos pais então entraram antes de nós, pedi que minha mãe e minha sogra fosse de vermelho. Minha costurou os dois vestidos.

O vestido da dama foi minha mãe também que fez, gostaria de uma replica do meu, então fiz algo que ficasse legal para criança. Eu costurei a roupa do pajem, a ideia também era uma replica do noivo, ambos ficaram uma graça!

Pedi que cada madrinha fosse com um vestido de uma cor, e os padrinhos com a gravata da cor do vestido do seu par, no total foram 9 casais, e o resultado ficou lindo!!

A cerimônia aconteceu às 11h da manhã, e foi celebrada por pastor. Foi no sitio ao ar livre debaixo de uma mangueira. A decoração foi toda feita por nós. Onde aconteceu a cerimônia tinha bolas chinesas que compramos na 25 de março em São Paulo. O tecido decorando foi comprado em uma loja de tecidos  e é uma malha fina que dá esse caimento ótimo, no caminho havia vasos de flores artificiais que compramos em Porto Ferreira - SP e o vasinho decorando a mesa onde estava o pastor fiz com latinha de milho e corta, flores naturais.

No momento da cerimônia demos as lágrimas da alegria para cada convidado.

Logo após aconteceu o almoço, a ideia do almoço era que todos sentasse todos juntos, então foram 3 mesas grandes e todos sentamos juntos e nos divertimos. Tudo feito na mesa, fizemos à mão, os guardanapos compramos o tecido oxford e costurei todos, vasos de madeiras foram comprados em São Carlos mesmo e mais vasinhos de latinha de milho e vidro de azeitona.

Nas mesas tinham várias coisas decorando, uma delas era os vidros de pimentas. Compramos a pimenta em supermercado e tiramos os rótulos e personalizamos cada um. Tinha também as plaquinhas com mensagens para o pessoal se divertir e tirar fotos.

Havia no casamento um cantinho que colocamos cachaça para o pessoal de deliciar com as peculiaridades de Minas Gerais, pois havia vários amigos de outros estados. Ah, os cavaletes nós fizemos com palitos de picolé.

Contratamos um buffet para fazer o almoço, a comida foi simples e deliciosa. Fizemos os cavaletes com os nomes de cada prato para identificação.

Meu cunhado é músico e ele ficou responsável por organizar a banda que tocou na entrada da cerimônia e alegrou o casamento com um forrozinho durante o almoço. Foi uma delicia!

A mesa do bolo estava linda, vários detalhes que preparamos e construímos. O topo do bolo eu costurei, fizemos o molde certinho e costuramos.  O bolo era o need cake e foi acompanhado com uma bola de sorvete.

Construímos um cavalete e compramos um quadro com uma mensagem super bacana.

Fotos nossas do decorrer da nossa vida e muitas flores naturais.

De lembrança do casamento demos alfajor, que foi feito pela minha sogra e os tradicionais docinhos deu o lugar ao cupcake.

Por fim, o buquê. Não quis jogar o buquê como no tradicional, optei por o buquê de fitas, o que deu um efeito lindo. O dia estava lindo, o céu bem azul o que deu um contraste maravilhoso com as fitas. O buquê eu fiz todinho.

Então é isso pessoal, espero que tenham gostado do post contando um pouco sobre esse dia tão especial que foi meu casamento. Se quiserem posso fazer um post com os preços de tudo que gastei e nome de fornecedores.